Apresentador do programa Giro Business, da Band News, contou sua trajetória no programa Pra Frente Sempre da TV iG

Brasil Econômico


Uma boa definição para o apresentador Sergio Waib é um homem de relacionamento. Foi com essa característica forte que o apresentador do programa Giro Business, da Band News, alcançou o sucesso profissional. Essa habilidade em cultivar boas relações é a principal marca de Waib, que contou sua trajetória profissional a Marcos Scaldelai, no programa Pra Frente Sempre.

Veja mais:  Bia Figueiredo relata paixão pelo automobilismo ao Pra Frente Sempre da TViG 

O curioso é que a trajetória de sucesso de Waib teve início na noite paulistana, onde começou a empreender. Era um dos proprietários de uma badalada casa no Itaim Bibi, a The Phoenix. Contudo, o desencanto com o entretenimento fez com que mudasse de caminho: “não conseguia me divertir. Quando havia uma briga ou alguém perdia a comanda, tinha que intervir. O momento de entretenimento dos outros é o seu momento de trabalho”, conta.

Para iniciar seu programa de TV e ter sucesso, Sérgio Waib precisou comprar um horário na grade e contratar produtora
Divulgação
Para iniciar seu programa de TV e ter sucesso, Sérgio Waib precisou comprar um horário na grade e contratar produtora


A frustração com o mercado do entretenimento o levou a descobrir sua verdadeira paixão, a indústria da comunicação: “Percebi isso e decidi conhecer a fundo a cadeia produtiva. Trabalhei na Jovem Pan por dois anos com o Tutinha, como diretor comercial, depois fui para uma agência, a maior do mercado”, revela.

Essa bagagem foi o ponto de partida para seu objetivo, um programa de TV voltado a negócios. Nascia o Giro Business. “Percebi uma janela de oportunidades, pois ninguém da minha geração fazia programa voltado a negócios. Comprei um horário na TV Gazeta, contratei uma produtora (do apresentador Otávio Mesquita), fiz contato com empresas e, em três meses, já estava veiculando. Só coloquei o programa no ar quando já tinha patrocinadores, e já está no oitavo ano” diz.

Veja mais:  Startup vende seu carro usado de forma rápida e sem burocracia

Relacionamento e empreendedorismo
Sua grande referência para empreender foi seu avô materno, que fugiu de uma guerra na Síria, veio ao Brasil e conseguiu construir seu patrimônio sem saber escrever seu nome. “Essa característica, da garra, foi algo que levei para a minha vida”, revela Waib.

Como empreendedor, Waib de destaca pela habilidade em se relacionar. "As pessoas precisam saber acumular de forma positiva, no papel de credor, bons relacionamentos", explica.

House Shine:  experiência internacional para a limpeza de casas e escritórios

Sergio Waib
Divulgação
Sergio Waib


“Toda semana recebo um presidente de uma empresa. Ouço, dou voz, surpreendo e nada peço em troca. Ganho relacionamento e conhecimento daquele setor. Então percebia que a pessoa da empresa A tem uma sinergia com a empresa B, e poderia juntar ambos. Minha mesa de trabalho é um grande tabuleiro de xadrez. Comecei a empreender com base nesse relacionamento” comenta sobre sua carreira de sucesso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.