A comunicadora Maria Cândida assumiu a bancada e entrevistou o apresentador Marcos Scaldela no programa especial de Natal


O programa Pra Frente Sempre dessa semana foi especial. A comunicadora Maria Cândida assumiu a bancada e entrevistou o apresentador Marcos Scaldelai. A jornalista atuou nas principais emissoras do Brasil como Rede Globo, SBT, Record, e fora do País também, na Bloomberg, de Nova Iorque, e no programa World Report, da rede americana CNN. Atualmente, apresenta o programa Mãe é Tudo, na Record News.

+ Chef Guga Rocha revela curiosidades de sua carreira ao Pra Frente Sempre

“Comecei como rádio escuta no Jornal do Brasil e lá eu tinha que apurar as notícias, isso me ensinou muita coisa para chegar a ser uma boa repórter. Quando você aprende a apurar, passa a diferenciar o que é notícia do que não é”, diz. A jornalista  passaria também por outros impressos como Jornal da Tarde e Veja São Paulo.

O primeiro convite para trabalhar com televisão foi da TV Tribuna, afiliada da TV Globo, em Santos. De volta a capital, trabalhou no Jornal da Record e no Informe SP. Em 1995, foi para a TV Globo onde passou por telejornais da casa, entre eles SPTV, Jornal Nacional, Jornal Hoje e Bom Dia Brasil, além do programa de variedades Fantástico. No SBT ficaria por mais de 5 anos.

+ Startup faz trilhas sonoras para lojas de acordo com características das marcas

Nesse período ainda sobraria tempo para que pudesse acompanhar o funcionamento da CNN, em Atlanta, por seis meses, tornando-se colaboradora do programa World Report. No cenário internacional, a comunicadora se destacaria também como âncora da TV especializada em economia Bloomberg, em Nova Iorque.

Maria Cândida entrevistou Marcos Scaldelai no Pra Frente Sempre dessa semana
Divulgação
Maria Cândida entrevistou Marcos Scaldelai no Pra Frente Sempre dessa semana

“Nunca quis ser uma apresentadora de TV. Eu sempre quis ser uma boa repórter. Ser apresentadora foi algo que eu não previa. Não é simples lidar com plateia e com outros ingredientes que não sejam o da reportagem” comenta sobre essa fase de transição.

A comunicadora ficaria ainda mais conhecida do grande público quando passou a entrevistar grandes nomes do cinema e da música como Denzel Washington, Meryl Streep, Dustin Hofmann, Bee Gees. “Fora a dificuldade da língua, eu tinha de estudar, fazer o trabalho básico de uma repórter. Eu tive que melhorar o meu inglês, foi um grande desafio”, explica.

+ Otávio Mesquita revela lado empreendedor em entrevista ao Pra Frente Sempre

Para 2017, a jornalista tem muitos planos. “Eu quero lançar meu segundo livro que está praticamente todo inscrito e tenho proposta de uma TV fechada para começar um programa em abril” revela sem dar muitos detalhes. Vamos aguardar.