Café Santa Monica cuida de todo o processo de produção do grão, desde o plantio; empresa cresceu 38% em 2016 com atuação no varejo e fast food

Além do café, a empresa também disponibiliza acessórios, cursos e treinamentos com baristas
Divulgação
Além do café, a empresa também disponibiliza acessórios, cursos e treinamentos com baristas

Fundado em 1985, o Café Santa Monica é pioneiro na cultura do café gourmet no Brasil. A empresa cuida de todo o processo de produção do grão, desde o plantio — realizado em suas cinco fazendas, na região de Machado, no sul de Minas Gerais —  até o envasamento, feito com embalagens especiais capazes de preservar o café por mais tempo, passando pela rigorosa seleção e pela torrefação. 

Leia também: Startup desenvolve marketplace de aluguel de escritórios

Atuando nos segmentos de food service e varejo, em 2016 a empresa  teve um crescimento de 38%.  “Sempre fomos focados no food service, mas vimos que havia uma demanda no varejo e resolvemos testar em alguns mercados. Já estamos em algumas redes de supermercados e vamos entrar em breve em três lojas do Carrefour (em São Paulo), além de já termos sido procurados pelo Pão de Açúcar e pelo Sonda”, diz Arthur Moscofian, fundador da companhia.

Além do café, a rede também disponibiliza acessórios, cursos e treinamentos com baristas, que auxiliam na parte de assistência técnica, para garantir que o trabalho iniciado na fazenda seja finalizado com perfeição. “Disponibilizamos esse suporte para nossos mais de 1.800 clientes ativos no segmento de Food service, que atuam em hotéis, cafeterias e restaurantes, entre outros”, completa.

Já no varejo, o Café Santa Monica comercializa, nas melhores redes de supermercados e empórios, uma linha completa composta por café moído (gourmet e orgânico), cápsulas (gourmet, intenso, orgânica e descafeínada), sachê descafeínado e o recém-lançado drip coffee, um café de bolso, composto por um sachê de café em pó com hastes flexíveis que se encaixam nas bordas de copos ou xícaras, para que a pessoa prepare um café coado na hora.

Leia também: Startup aproxima prestadores de serviço e contratantes

Fazendas Santa Monica e a colheita

As cinco fazendas da companhia estão localizadas em uma região muito propícia para o cultivo de cafés especiais, por conta do clima e da atitude, de 1100 metros. Seu solo é analisado constantemente e, ao longo de 4 anos, as mudas são adubadas e fertilizadas para que cada cafeeiro atinja todo seu potencial. A fertirrigação, ou gotejamento, garante água e nutrientes a todos os cafeeiros da Fazenda, mantendo-os saudáveis e com vigor para que as plantas produzam o melhor café possível.

A colheita é feita entre os meses de maio e agosto. Primeiro é feita uma análise para saber em qual setor os cafés já estão maduros suficientes, e então, inicia-se a colheita dos grãos "cereja".

Após colhidos, os grãos maduros são selecionados dos demais através de um método que avalia a densidade de cada um deles. Sempre visando a obter a melhor qualidade em todos os processos. Em seguida, são mantidos em terreiros por 9 dias. Passado esse período, é realizado um novo processo de seleção, no qual provadores de café escolhem e avaliam cada lote retirado da fazenda, de acordo com uma nota. Depois, o café verde é armazenado em média por 1 ano, para equalizar as características desejadas e garantir o padrão Santa Monica.

Os grãos passam então pelo processo de torrefação especial para cafés gourmet, em pequenas quantidades, para garantir aroma, sabor e cremosidade incomparáveis.

Leia também: Phitofarma: uma das maiores redes de farmácias de manipulação do País

Após torrado, o café é embalado imediatamente para não perder suas propriedades. As embalagens do Café Santa Monica contêm válvulas desgaseificadoras que evitam a entrada de oxigênio (o que deteriora o produto), mas ao mesmo tempo permitem sentir o aroma de café. A empresa produz cerca de 8 mil sacas de café verde por ano, dos quais mil são exportados. São torrefadas aproximadamente 30 toneladas de grãos por mês

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.