Dr. Gê, como ficou conhecido no programa, o médico Rogério Padovan falou de sua carreira na área da saúde durante entrevista ao Pra Frente Sempre

Rogério Padovan ou Dr. Gê, como foi apelidado no reality show Big Brother Brasil, é até hoje apontado como um dos vilões de maior destaque do programa. Tanto é que foi eliminado com com expressivos 92% de votos. Porém, engana-se quem acha que essa alta rejeição do público prejudicou o participante seu lado empreendedor fora da casa.

Leia também: Laércio da Costa conta detalhes de seu empreendedorismo musical

Antes de ingressar na quinta edição do  reality show , Padovan já vinha construindo uma carreira na área da saúde. Após formar-se pela Faculdade de Medicina do Oeste Paulista, em 2002, tornou-se médico oficial das Forças Armadas e, no ano seguinte, realizou residência médica em cirurgia geral na Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto e especialização em nutrologia na USP, além de pós-graduação em Medicina do Esporte e Nutrologia Esportiva na Universidade Católica de Petrópolis.

Rogério Padovan, ex-participante do reality show Big Brother Brasil, em sua clinica
Divulgação
Rogério Padovan, ex-participante do reality show Big Brother Brasil, em sua clinica

Leia também: Rainha dos caminhoneiros, Sula Miranda fala sobre seus projetos à TV iG

"Um major do exército é que me falou para mandar uma fita para o programa. Ele achava que eu tinha o perfil do Big Brother, por causa da minha história de médico, lutador, que conseguiu entrar nas Forças Armadas", lembra. "Quando me ligaram da produção dizendo que eu tinha sido selecionado, eu pensei, eu estou dentro. Passei por uma série de testes".

No programa, ganhou a fama de ardiloso e manipulador, o que o tirou da disputa do prêmio com o maior índice de rejeição até então. Porém, o momento que mais o marcou reflete um outro lado pouco visto naquela edição, o de "bom moço". "Tinha uma participante chamada Marielza e um dia ela passou mal na casa. Avisei o Boni que podia ser AVC ou hipoglicemia. Quando tiraram ela do programa, soubemos que a Marielza estava realmente doente. Se eu não estivesse ali poderia ter sido pior", diz.

Rogério Padovan, ex-participante do reality show Big Brother Brasil, e o cantor Thiaguinho
Divulgação
Rogério Padovan, ex-participante do reality show Big Brother Brasil, e o cantor Thiaguinho

Lado empreendedor

"Eu abri meu negócio dois anos depois do Big Brother, em 2007. Abri para atender a parte de nutrologia e esporte. No começo, eu atendia no consultório e dava plantão nos hospitais, mas com o tempo passei a ficar só no consultório", conta.

A clínica apresenta um trabalho que engloba o paciente atleta competitivo, o atleta não competitivo, o sedentário que pretende iniciar a atividade física e o obeso que necessita de um tratamento multidisciplinar no qual envolve o estado emocional e físico.

Leia também: Referência na maratona aquática, Samir Barel revela seu lado empreendedor

A fama adquirida com o reality show trouxe para sua carteira de pacientes alguns famosos como o cantor Thiaguinho, a atriz Fernanda Souza, Marcos Chiesa, do programa Pânico, entre outros. "Muitos dos meus pacientes também participaram do Big Brother comigo. O que eu levei de lá de dentro foram as amizades", completa.

* Por Rafael Henrique

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.